Relevo - Geografia

Restinga:

Acúmulo de areia e características de animais marinhos recife.

Relevo:

Corresponde ás diferentes/diversas configurações, formas da superfície terrestre. A altitude do relevo ( distância vertical de um ponto em relação ao nível dos oceanos ) é medida em metros e pode ser positiva ou negativa.

Tipos: Montanha, Planalto, Planície e Depressão.

Planície:

Superfície pouco acidentada mais ou menos plana, geralmente situadas a poucos metros do nível do mar. Altitudes inferiores a 200m. Áreas onde os processos de deposição de sedimentação suspiram aos processos de erosão.

- Costeiras;
- Continentais - rios ( planície, fluvial ou aluvional );
- Lagos ( la cruste );
- Parte baixa entre montanhas ( piemonte ).

Planaltos:

Superfícies irregulares que mais ou menos planas, nas quais os processos erosivos predominam e superam os de sedimentação. Situa-se acima de 200m podendo ultrapassar "2 mil metros de altitude."

Nas bordas dos planaltos, muitas vezes, aparecem escarpas ou cuestas, comunente denominadas de 'serras'.

Escarpa:

Declive acentuado que aparece em bordas de planalto.

Cuesta:

Relevo que possui de um lado a esquerda abrupta e outra tem um declive suave.

Chapada:

Relevo planáltico na qual o topo é aplainado e as encostas escarpadas.

Montanhas:

Elevações naturais do terreno constituídos de agrupamentos de morros e vales. Resultam de processos como movimentação das placas tectônicas que provocam dobramentos, falhas, vulcanismo.

Elas podem ser jovens ou velhas:

- Jovens: De pico pontiagudo da Era Cenozóica ( Andes e Alpes ).

- Velhas: De picos arredondados das primeiras eras ( pré-cambriana / paleozóica ).

Depressão:

Relevo aplainado rebaixado em relações ao seu entorno nele predominam processos erosivos.

1 comentários:

seus bostas

Anônimo
22 de agosto de 2013 15:49 comment-delete

Postar um comentário